Uma proposta já antiga para trazer contratos inteligentes para a rede do Bitcoin acabou de dar um passo rumo à implementação. Os desenvolvedores apresentaram um pedido de submissão para MAST, marcando o início deste projeto.

O pedido de submissão combina pay-to-script-hash (P2SH) com MERKLE-BRANCH-VERIFY, permitindo aos usuários definir como serão as formas de pagamento que juntamente com uma terceira proposta de melhoria do Bitcoin (BIP), chamadda “Tail Call Execution Semantics”, permitirão a criação pelos usuários de contratos inteligentes privados na rede bitcoin.

Estes contratos inteligentes privados permitem que usuários definam seus próprios critérios para cada transação não podendo ser executados por conta própria e sim considerando os fatores gerados pelo programa.

A combinação de BIPs também permite que esses contratos inteligentes sejam armazenados de forma compacta na cadeia de blocos, isso significa aumentar a capacidade do blocos, ou a quantidade de dados que podem ser armazenados dentro de cada um em suas transações.

Se os desenvolvedores e a comunidade aprovarem a mudança, ela poderia ser adicionada ao Bitcoin por meio de um soft fork.

 

Escrito por: Amanda de Melo Barbosa