A US Commodity Futures Trading Commission (CFTC) agência americana que tem por finalidade proteger mercados e usuários fiscalizando condutas fraudulentas relacionadas a contratos futuros, demandou que exchanges americanas fornecessem vários dados para verificar possíveis manipulações que poderiam comprometer o preço das criptomoedas.

Os investigadores da CFTC passaram a investigar possíveis esquemas que podem manipular o preço do Bitcoin. Em Janeiro deste ano o CME Group (Bolsa de Chicago) que controla várias bolsas, solicitou a quatro delas que fornecessem dados de negociação, após a recusa de cooperação por parte das bolsas a CME as pressionou para que enviassem os dados em apenas algumas horas.

Diante deste fato, reguladores da CFTC questionaram a CME por ela não possuir acordos que obrigassem as exchanges a compartilhar dados relacionados a contratos futuros. Esse cenário foi o estopim para que a CFTC abrisse uma investigação sobre o assunto.

Outras empresas como a DOJ também passaram a realizar investigações nesse sentido, em Maio deste ano foram abertas investigações sobre manipulações relacionadas ao Bitcoin e ao Ethereum.

 

Escrito por: Amanda de Melo Barbosa