Fórum Econômico Mundial cria grupo de trabalho com Blockchain

/, Notícias/Fórum Econômico Mundial cria grupo de trabalho com Blockchain

Fórum Econômico Mundial cria grupo de trabalho com Blockchain

O grupo de trabalho com a tecnologia Blockchain criado pelo WEF (sigla em inglês para Fórum Econômico Mundial) tem como objetivo desenvolver pesquisas para otimizar os efeitos da tecnologia aumentando a segurança, a confiabilidade e eficiência nas transações de bitcoin. Baseados no sistema de livro razão ou banco de dados distribuído busca preservar a integridade e a segurança dos dados de uma das novas tecnologias mais promissoras da última década.

O grupo comandado por Toomas Hendrik Ilves ex-presidente da Estônia, tendo como co-presidente Jamie Smith, chefe de comunicação e diretor de marketing da empresa mineradora BitFury conta com mais de 26 representantes globais da indústria financeira e de TI.

Segundo Smith, existem três fatores-chave que mudarão o mundo nos próximos anos. Primeiro, haverá uma rede Wi-Fi global, segundo, quase todos terão acesso a algum tipo de dispositivo de rede móvel, terceiro, o Blockchain induzirá mudanças globais. Ele enfatiza que um dos benefícios do Blockchain como um livro razão ou banco de dados distribuído é que ele oferece transações a um custo menor em comparado a tecnologias tradicionais, lembrou também que a cadeia de blocos é aplicável não só ao segmento financeiro, mas em sistemas de votação, registros de terras, direitos autorais e até mesmo na distribuição de vacinas, podendo, portanto ser aplicada em outros serviços.

O Fórum Econômico Mundial iniciou sua pesquisa sobre Blockchain no final de 2015. Apesar da tecnologia Blockchain ainda ser um grande desafio devido sua complexidade é inegável que seu uso pode melhorar a vida de muitos membros da sociedade a nível global.

 

Escrito por: Amanda de Melo Barbosa

2018-04-06T12:37:55+00:002 outubro, 2017|