CVM irá investir no blockchain para criar sistema de cadastros.

/, Notícias/CVM irá investir no blockchain para criar sistema de cadastros.

CVM irá investir no blockchain para criar sistema de cadastros.

A proposta da CVM (Comissão de Valores Imobiliários) é através de um cadastro único implementado na blockchain, identificar os registros dos investidores de forma segura e que tenham passado pelo crivo da empresa.

 

Após realizar testes com a blockchain, objetivando uma integração com o Banco Central e a SUSEP (Super Intendência de Seguros) o projeto irá desenvolver uma rede descentralizada que permitirá a comunicação entre os três órgãos em tempo real e com segurança.

 

Para o desenvolvimento do projeto, o órgão regulador brasileiro assinou um acordo com o ITS Rio (Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro) que irá cooperar de forma técnica para o aprimoramento e implementação da proposta.

 

Todos nós sabemos da potência que é a tecnologia blockchain e a ideia de juntar o conhecimento acadêmico e as empresas interessadas nesses projetos garante a qualidade dos serviços visando a segurança e garantia dos investidores, segundo o presidente da CVM Marcos Barbosa “Temos que usar o potencial da blockchain para facilitar registros, cadastros e usá-la com enorme ganho e eficiência.

 

Escrito por: Amanda de Melo Barbosa

2018-12-03T10:50:43+00:003 dezembro, 2018|