A IBM Food Trust foi anunciada pela primeira vez em 2016 como uma solução blockchain que conectaria diferentes partes da indústria de alimentos. Durante o período experimental, que teve início em agosto de 2017, a empresa fez parcerias com o Walmart, a Nestlé SA, Dole Food Co., de Driscoll Inc., Golden State Foods, Kroger Co., McCormick and Co., McLane Co., Tyson Foods Inc. e Unilever NV.

Após esses 18 meses de teste, outro grande varejista do ramo alimentício o Carrefour, anunciou sua integração ao ecossistema Food Trust. De acordo com a IBM, neste período de teste, varejistas e fornecedores utilizaram o blockchain Food Trust para rastrear milhões de produtos alimentícios, com o objetivo de identificar alimentos com algum tipo de problema, que foram alvo de reclamações de clientes.

Assim como na indústria e comércio de alimentos a IBM acredita que a implementação da tecnologia blockchain pode estar em diversas áreas, as patentes registradas em blockchain podem ser monitoradas de forma segura sem ricos de serem hackeadas ou sofrer violações.

 

Escrito por: Amanda de Melo Barbosa